Imprensa brasileira do 7 x 1

Imprensa brasileira do 7 x 1

dezembro 2, 2021 0 Opinião do Leitor

Por Marcelo Affonso

Não sou muito fã de criticar trabalho de ninguém, porém o que vem acontecendo com a imprensa brasileira me fez criar um certo alerta.

Desde o fatídico 7×1 para a Alemanha esse meio de comunicação esportivo brasileiro vem demostrando que precisa se renovar, comentaristas ex boleiros, jornalistas de tempos da de 1970, 62, 58, alguns até já faleceram, vem demostrando que não aprenderam nada com o Mineiraço de 2014.

Sou palmeirense e o time que sempre vem com novidades modificando a maneira que o futebol está na atualidade chama-se Sociedade Esportiva Palmeiras. Desde a gestão Parmalat, diga-se de passagem, foi a época que eu possuía raciocínio para enxergar o futebol de maneira clara.

Lógico que a história do clube, desde sua fundação, já mostrava essas características. Voltando ao raciocínio, no ano passado chegou um treinador português com mentalidade do futebol que é jogado no mundo. Prepara os jogadores para jogar em várias funções em campo independentemente de sua posição, mostrando que o número da camisa é simplesmente para facilitar o narrador do jogo visualizar quem está com a bola no pé.

Assistindo ao jogo realizado no dia 27 de novembro, em Montevidéu entre a Sociedade Esportiva Palmeiras e o Clube de Regatas Flamengo, estava nítida a diferença de mentalidade, tanto em campo como fora dele. Em campo, jogadores mudando de posição de maneira estratégica e com precisão, fazendo com que o adversário fosse minado na sua maior força, que era a individualidade.

Enquanto isso, o Palmeiras, jogava com estratégia, sabendo onde ocupar os espaços do campo de maneira inteligente, conseguindo no final vencer a partida e se tornar campeão mais uma vez.

Fora de campo, a mídia esportiva apenas comenta sobre as atuações individuais do Palmeiras, não enxergando o que realmente aconteceu. Essa mídia esportiva vive ainda em uma época de glamour do futebol, onde jogava Garrinchas, Pelé, Djaminhas, etc.

O futebol Brasileiro está mudando e quem deu ponta pé inicial dessa mudança é o atual campeão da Libertadores da América de 2021.

Existe a necessidade de mudanças, não pode ter clubismo na imprensa, e isso hoje ocorre e muito, criam certo favoritismo para alguns times e se esquecem dos outros, a arbitragem também necessita de mudança, mas fica para uma outra ocasião.

Enquanto não mudarem a mentalidade, o futebol Brasileiro irá continuar perdendo, o futebol hoje é força física e mental, habilidade não é tão necessária, devido a coletividade que necessita para se tornar um time competitivo no mundo futebolístico.

304250cookie-checkImprensa brasileira do 7 x 1

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *