Muito obrigado, gigante Jailson!

Créditos: Fabio Menotti / Ag. Palmeiras

Muito obrigado, gigante Jailson!

dezembro 9, 2021 2 Notícias

Homenagem na despedida do goleiro Jailson, na Academia de Futebol (Foto: Fabio Menotti)

Em meio a um monte de taças, o homem olhou para trás. E chorou. Viu um garoto de família humilde lutar com muita garra e atingir o sonho principal, que era ser jogador de futebol. Sem muito brilho, é verdade, mas viveu a maior parte da vida debaixo das traves. Parecia conformado com o fato de que o maior de todos os desejos, vestir o manto verde, continuaria no campo dos sonhos.

Mas ele prometeu que faria de tudo para vesti-lo. Fez até a promessa para a pessoa mais importante de sua vida, a avó que sempre o incentivou a buscar seus sonhos.

Perseverante, predestinado, insistente. No entanto, nem nos melhores finais felizes Jailson poderia imaginar ser homenageado por sete maravilhosos anos envergando a camisa do Palmeiras, em meio a oito troféus cobiçadíssimos.

Ninguém acreditou quando o Palmeiras foi atrás de um goleiro que era reserva do Ceará, então na série B do Brasileiro. A fábrica de goleiros tinha secado e, depois de muito tempo, um goleiro de fora era ídolo, o gigante Fernando Prass.

Ninguém botava fé no goleiro bonachão, humilde e já com bastante idade para ser o reserva naquele Brasileiro de 2016. E não é que o cara deu conta do recado na reta final do título daquele ano?

Jailson ganhou o respeito e a admiração de todos quando contou, às lágrimas, na TV, que a primeira coisa que fez quando acertou com o Palmeiras foi ligar para a avó.

“Eu consegui, vó! Eu falei que um dia iria jogar no Palmeiras!!!!! Agora a senhora vai me ver na TV!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!.” É um dos jogadores do elenco declaradamente palmeirenses, assim como a avó – e apesar da mãe corintiana presepeira…

Jailson com o presidente Galiotte e o diretor Anderson Barros (os dois á esq.) (Foto: Fabio Menotti)

“São 104 jogos e oito títulos. O Jailson entrou para a história da Sociedade Esportiva Palmeiras como um dos maiores atletas do clube. Em nome de toda a torcida palmeirense, o nosso muito obrigado”, disse o presidente Mauricio Galiotte na cerimônia de adeus e homenagem ao goleiro reserva, que está se despedindo do clube. O evento contou com a presença de familiares do atleta e de amigos que ele fez ao longo da sua trajetória palmeirense.

Apelidado como o “Jailsão da Massa”, o arqueiro chegou ao Verdão em 2014 e foi titular em 95 dos 104 jogos. Campeão brasileiro em 2016 sem perder nenhuma das 19 partidas que disputou e eleito melhor goleiro do torneio, Jailson só foi conhecer sua primeira derrota pela competição nacional em 2018, após 27 duelos invictos, fato que o coloca em segundo lugar no ranking dos palmeirenses com as maiores invencibilidades no Brasileirão em todos os tempos, superando, em números, craques como Ademir da Guia e Leão.

“O Brasileiro de 2016 foi o meu primeiro troféu. O carinho é grande por todos, mas o de 2016 está marcado no meu coração”, declarou o camisa 42, que também fez parte dos elencos campeões da Copa do Brasil de 2015 e 2020, do Brasileiro de 2018, do Paulista de 2020, da Florida Cup de 2020 e da Copa Libertadores de 2020 e 2021.

305220cookie-checkMuito obrigado, gigante Jailson!

2 comentários em “Muito obrigado, gigante Jailson!

  • MARIO LUIZ SALVONI
    dezembro 9, 2021
    Responder
  • Donato, o Lúcido
    dezembro 9, 2021
    Responder

Deixe um comentário para MARIO LUIZ SALVONI Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.