Palmeiras abre o Paulistão contra o Novorizontino quase sem treinar

Créditos: Cesar Greco

Palmeiras abre o Paulistão contra o Novorizontino quase sem treinar

janeiro 23, 2022 4 Notícias

Equipe treinou forte antes de viajar para Novo Horizonte (FOTO: CESAR GRECO/PALMEIRAS)

Ainda em clima de pré-temporada, o Palmeiras abre o Paulistão neste domingo contra o Novorizontino em Novo Horizonte neste domingo (23). Foram apenas 18 dias de treinos, uma situação ridícula para quem tem de começar uma competição e para quem tem o desafio do Mundial de Clubes em fevereiro.

O time realizou quatro jogos-treinos até o momento, com duas vitórias, um empate e uma derrota, sendo que os jogadores ainda estão se readaptando o ritmo de jogo.

O técnico Abel Ferreira deve mandar a campo o seguinte time: Weverton; Luan, Gómez e Piquerez; Mayke, Danilo, Zé Rafael e Gustavo Scarpa; Dudu, Rony e Raphael Veiga.

Veja algumas curiosidade do confronto, segundo o site oficial do Palmeiras:

> Em seis jogos disputados ao longo da história, o Palmeiras jamais perdeu para o Grêmio Novorizontino(*) – no total, são cinco triunfos, um empate, 20 gols marcados e apenas dois gols sofridos diante do rival do interior de São Paulo. Foram três partidas na cidade de Novo Horizonte e outros três na capital paulista (dois no Pacaembu e um no Allianz Parque).

> Nas décadas de 1980 e 1990, o Palmeiras mediu forças com outro time da cidade de Novo Horizonte: o Grêmio Esportivo Novorizontino (*). No total, foram 19 partidas entre as equipes, com dez vitórias do Verdão, seis empates e três derrotas.

(*) Aqui há controvérsias a respeito da existência de dois times. O Grêmio Esportivo Novorizontino, vice-campeão paulista de 1990, faliu neste século e, oficialmente se licenciou da Federação Paulista de Futebol. Depois de algum tempo, surgiu um “novo” Novorizontino, com uma mudança cosmética no nome e no escudo, as as cores são as mesmas e utiliza a mesma estrutura do anterior. Uma falência meia boca, já que quase tudo é igual, como ocorre com frequência na Itália. Parma, Napoli e Fiorentina, por exemplo, faliram, “trocaram” de nome e de S/,A, mas se orgulham de manter as glórias do passado das |”antigas” agremiações. O Novorizontino é o mesmo de sempre.

> O primeiro duelo disputado pelo Palmeiras em Novo Horizonte aconteceu há 75 anos, no dia 11 de agosto de 1946. O Verdão enfrentou o clube que levava no nome da cidade e venceu por 4 a 0, em partida amistosa disputada no Estádio Municipal de Novo Horizonte (gols de Mantovani, duas vezes, Renato e Lima IV).

> Depois de sua primeira visita à cidade, o Alviverde só regressou à Novo Horizonte após 40 anos, em 1986. A partir daquele ano, passou a enfrentar periodicamente o Grêmio Esportivo Novorizontino, clube que tinha o escudo e o uniforme praticamente idênticos ao do atual time da cidade, fundado em 2010.

> Desde 1995, quando perdeu pela última vez em uma estreia de Campeonato Paulista, o Palmeiras não sabe o que é derrota no primeiro duelo do Estadual. No total, são 15 vitórias e dez empates em 25 edições do torneio, contando a partir de 1996 (sendo que em 2002 não houve por conta da realização do Supercampeonato Paulista e outra fórmula de disputa).

311810cookie-checkPalmeiras abre o Paulistão contra o Novorizontino quase sem treinar

4 comentários em “Palmeiras abre o Paulistão contra o Novorizontino quase sem treinar

  • Gustavo Aroni
    janeiro 23, 2022
    Responder
  • Gustavo Aroni
    janeiro 23, 2022
    Responder
    • Antônio Carlos
      janeiro 23, 2022
      Responder
      • Gustavo Aroni
        janeiro 23, 2022
        Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.