Estratégia cautelosa de Abel deu o tom no Paulistão

Estratégia cautelosa de Abel deu o tom no Paulistão

fevereiro 1, 2022 0 Notícias

Abel Ferreira teve de equilibrar e rodar o elenco (FOTO: MARCOS RIBOLLI/PALMEIRAS)

Que Palmeiras vai entrar em campo na semifinal do Mundial de Clubes? Nem o técnico Abel Ferreira sabe. O pouquíssimo tempo para treinar e o receio de lesões determinaram a estratégia: os quatro jogos do Paulistão seriam para treinar e dar algum ritmo de jogo para a maioria dos atletas. Então calma, muita calma…

“Não posso mentir, logicamente pensei nisso (o risco de ter lesionados), mas não vejo outra forma de preparar a não ser com o pé fundo”, disse o treinador após a vitória contra o Água Santa. “Pilotos de F-1 nas provas de sexta, sábado e domingo pregam fundo. Isto para estarmos mais próximos de ganhar, porque nunca prometi a nenhum torcedor que vamos ganhar tudo, mas vamos fazer de tudo e nos preparar para ganhar. É o nosso propósito. Tenham certeza que vamos dar o melhor de nós de forma coletiva.”

Sereno e focado, Abel evitou reclamar de calendário e da falta de condições ideais de trabalho no quesito tempo para treinas. “Eu poderia falar que gostaria de ter três ou quatro jogos a mais, tempo para descansar, mas isto só serve de desculpa e não gosto de trabalhar assim. O calendário é este, estamos no Mundial por culpa própria, quem mandou estes jogadores ganharem? Chegamos melhor preparados que no ano passado, mais experientes, mas vamos enfrentar os melhores do mundo. Fizemos pelo Paulista para nos preparar para o primeiro jogo.”

313830cookie-checkEstratégia cautelosa de Abel deu o tom no Paulistão

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.