Osservatorio Arbitrale: Palmeiras 1×0 Água Santa

Osservatorio Arbitrale: Palmeiras 1×0 Água Santa

fevereiro 1, 2022 0 Notícias, Osservatorio Arbitrale

Por Oiti Cipriani

JOGO:  PALMEIRAS 1X0  ÁGUA SANTA

DATA:  01/02/2022

ÁRBITRO­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­: SALIM FENDE CHAVES

ARB.ASSIST.1: DANIEL PAULO ZIOLI

ARB. ASSIST.2: NEUSA INES BACCHI

ARB. VAR: MARCIO HENRIQUE DE GOES

ANÁLISE DO TRABALHO DO ÁRBITRO

Acompanhou o jogo a distância, isto ocasionou muitas disputas e provocações, que poderiam ser evitadas com sua presença mais próxima.

Em duas oportunidades atrapalhou o desenvolvimento do jogo, em seu deslocamento ficava na linha da bola.

Árbitro muito fraco tecnicamente, deixou inúmeras situações de faltas sem assinalar e faltas menores interrompia a partida. No primeiro tempo picotou muito o jogo, impedindo um jogo mais corrido.  No segundo tempo soltou as rédeas e permitiu jogadas violentas pelo time visitante. Em duas oportunidades interrompeu a partida, prejudicando a equipe mandante. A primeira o ataque tomou a bola, após o tiro de meta do visitante, foi interrompida para assinalação de falta inexistente do ataque. E a segunda, lateral cobrado rapidamente, interrompeu para voltar um metro o local de cobrança. Perdeu uma clara vantagem em favor da equipe do Palmeiras

Apresentou 5 cartões amarelos para o visitante, que cometeu 24 faltas e dois cartões para o time mandante, que cometeu 20 faltas. Deixou de mostrar cartão amarelos para os seguintes jogadores:

33 min. Marcos Rocha-Pal (2); 

57 min Helder AgS (4)

59 min Dada – AgS (10).

Posteriormente o número 4 cometeu outra falta passível de amarelo e deveria ter sido expulso.

Disciplinarmente foi uma atuação muito fraca, falou e explicou demais suas decisões, não coibiu o jogo acima do tom do Água Santa.

Arbitragem totalmente sem critério, ora marcava, ora não marcava para jogadas semelhantes. Este tipo de ação deixa os jogadores confusos e abriu margem para reclamações e contestações de todos.

Os árbitros assistentes foram pouco exigidos havendo somente 4 impedimentos e um, assinalado pela Assistente 2, mudaria a história do jogo, anulando, corretamente, o gol do Água Santa. Esta mesma assistente deixou de assinalar uma falta clara no Dudu, a 1 metro de distância.

Na anulação do gol, impedimento relativamente fácil de ser comprovado, demorou 2:40 min para certificar.

Concluindo, uma atuação abaixo da média.

313770cookie-checkOsservatorio Arbitrale: Palmeiras 1×0 Água Santa

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.