Monterey tem alto investimento e time com talento no meio

Monterey tem alto investimento e time com talento no meio

fevereiro 4, 2022 0 Notícias

Monterey faz seu primeiro treino em Abu Dhabi (FOTO: DIVULGAÇÃO)

Um time melhor que o Tigres, que disputou o Mundial de 2021, mas que está bastante desgastado e com alguns desfalques. O Monterey é uma equipe tradicional mexicana, mas que perdeu espaço neste século para outros aspirantes no futebol local, como Atlas, Tijuana e Cruz Azul.

A volta ao protagonismo continental é resultado de um sólido trabalho de recuperação e muito investimento. Como clube-empresa, tem como principal investidora a empresa FEMSA, gigante que atual em diversos segmentos, entre os quais o envase e a distribuição da Coca-Cola no México e na América Central.

Em termos de prestígio, é considerado um dos grandes do México, ao lado de América, Chivas Guadalajara e Atlas e já disputou outras edições do Mundial de Clubes.

As Eliminatórias da Copa do Mundo prejudicaram o Monterey, já que o Mundial coincidiu com mais uma rodada do classificatório. Foram dez jogadores cedidos para seleções do continente, sendo cinco para a seleção mexicana, praticamente classificada para a Copa do Mundo. Só conseguirão chegar a Abu Dhabi 36 horas antes da estreia contra os egípcios do Al-Ahly.

Não será um confronto fácil, apesar de ser um time bem mais qualificado que o dos africanos. Se o Tigres, no ano passado, era um time que gostava de ficar com a posse de bola, mas sem tanta inspiração, no caso do Monterey a conversa é outra.

Mesmo eliminado pelo Atlas no último Campeonato Mexicano, é considerado um time muito técnico, com boa saída de bola pelos lados e um meio de campo criativo. Os destaques são o meia argentino Meza e o veloz atacante mexicano Funes Mori.

Os cofres do time mexicano também são recheados por conta da parceria forte. Na última temporada, gastou bem mais que o Palmeiras – R$ 120 milhões a mais nos últimos quatro anos, segundo reportagem do portal UOL.

É um dos times mexicanos que mais se reforçaram com nomes de peso, como Rodolfo Pizarro, Maxi Meza, Vincent Janssen e Aké Loba, que juntos custaram mais de 24 milhões de euros (cerca R$ 168 milhões).

Como favorito para enfrentar o Palmeiras nas semifinais, o Monterey terá de ser marcado no campo de ataque, já que não é tão veloz, uma característica parecida com a do Tigres.

Os atacantes do lado – provavelmente Veiga e Dudu – serão fundamentais na recomposição do meio de campo para fechar os espaços e sufocar os mexicanos.

Al Ahly e Monterrey se enfrentam neste sábado, às 13h30 (de Brasília), em Abu Dhabi, e quem passar enfrenta o Palmeiras na semifinal, que está marcada para a próxima terça-feira, dia 8. O Chelsea joga no dia 9, contra Al Jazira, AS Pirae ou Al Hilal, da Arábia Saudita.

314190cookie-checkMonterey tem alto investimento e time com talento no meio

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.