Palmeiras x Chelsea, duelo entre uma potência histórica e outra emergente

Palmeiras x Chelsea, duelo entre uma potência histórica e outra emergente

fevereiro 11, 2022 2 Notícias

Do site oficial do Palmeiras

Vencedor do Torneio Internacional de Clubes Campeões em 1951 e vice-campeão da Copa Intercontinental em 1999, o Palmeiras disputa sua terceira decisão de título mundial, a primeira da Copa do Mundo de Clubes da Fifa, competição da qual participa pela segunda vez – a primeira foi em 2021 (edição 2020), quando terminou na quarta posição.

O Alviverde, inclusive, é o único clube brasileiro a chegar à decisão nos três formatos de mundiais já realizados: 1951 (organizado pela CBD, antiga CBF, e chancelado pela FIFA), 1999 (organizado pela UEFA e CONMEBOL, chancelado pela FIFA) e 2021 (organizado pela FIFA).

Ao todo, o Verdão já disputou 12 finais de competições internacionais na história: foi campeão do Mundial de 1951, da Copa Mercosul de 1998 e das Libertadores de 1999, 2020 e 2021 e foi vice-campeão das Libertadores de 1961, 1968 e 2000, das Copas Mercosul de 1999 e 2000, do Mundial de 1999 e da Recopa Sul-Americana de 2021.

Dono de 50 títulos de campeonatos ao longo da história, o Palmeiras busca obter seu segundo troféu fora do Brasil – o primeiro foi justamente a Libertadores de 2021, em Montevidéu (URU). Os demais 49 grandes títulos foram todos conquistados em território nacional: um no Paraná (Copa do Brasil de 2012), um em Alagoas (Copa dos Campeões de 2000), quatro no Rio de Janeiro (Mundial de 1951, Libertadores de 2020, Taça Brasil de 1967 e Brasileiro de 2018) e 43 em São Paulo (Libertadores de 1999, Mercosul de 1998, Brasileiros de 1960, 1967, 1969, 1972, 1973, 1993, 1994 e 2016, Copa do Brasil de 1998, 2015 e 2020 e Rio-São Paulo de 1933, 1951, 1965, 1993 e 2000, além dos 23 títulos paulista e dos dois títulos paulista extra).

Considerando torneios amistosos, o Maior Campeão do Brasil contabiliza 16 títulos em território estrangeiro. Além da Libertadores 2021, em Montevidéu (URU), venceu outros três na América do Sul, três na América do Norte, dois na Ásia e sete na Europa, incluindo três edições do tradicional Torneio Ramón de Carranza.

Com a vitória por 2 a 0 sobre o Al Ahly-EGI, na semifinal do Mundial, o Palmeiras completou dez partidas de invencibilidade, contabilizando também os cinco duelos sem perder no fim do ano passado. Em jogos fora do Brasil, a série atual é de oito partidas sem perder.

Apesar de nunca ter enfrentado o Chelsea-ING em sua história, o Verdão já mediu forças com equipes da Inglaterra em cinco oportunidades e leva vantagem, com duas vitórias, dois empates e uma derrota.

Ao longo da história, são sete jogos em países do Oriente Médio, com cinco vitórias, um empate e uma derrota.

Abel Ferreira pode se tornar o técnico do Palmeiras com maior número de conquistas internacionais isoladamente – campeão das Libertadores de 2020 e 2021, o português está empatado com Felipão, campeão da Libertadores de 1999 e da Mercosul de 1998, ambos à frente de Ventura Cambon, campeão mundial em 1951.

Com pouco mais de 15 meses no comando técnico, Abel igualou Vanderlei Luxemburgo em números de finais disputadas pelo Palmeiras, ambos com sete – até este sábado, o português venceu três (Libertadores de 2020 e 2021 e a Copa do Brasil de 2020) e perdeu três (Paulista de 2021, Recopa Sul-Americana de 2021 e Supercopa do Brasil de 2021), enquanto Luxa venceu seis (Paulistas de 1993, 2008 e 2020, Brasileiros de 1993 e 1994 e Rio-São Paulo de 1993) e perdeu uma (Copa do Brasil de 1996). Ambos estão atrás apenas do recordista Felipão, com 10 (cinco títulos e cinco vices).

Desde a estreia em novembro de 2020, a comissão técnica portuguesa soma 21 jogos de mata-mata, com o Palmeiras saindo campeão ou classificado em 15 oportunidades e sendo eliminado ou vice-campeão em seis.

Com o gol marcado sobre o Al Ahly-EGI, Raphael Veiga ficou a apenas mais um tento de se tornar o 63º maior artilheiro da história do Palmeiras – atualmente, Mathias ocupa o posto de forma isolada com 45 bolas na rede. Já Dudu precisa de mais um gol para ocupar a 27ª posição no ranking, ao lado de Alex, com 78.

315560cookie-checkPalmeiras x Chelsea, duelo entre uma potência histórica e outra emergente

2 comentários em “Palmeiras x Chelsea, duelo entre uma potência histórica e outra emergente

  • Matheus
    fevereiro 11, 2022
    Responder
  • lito
    fevereiro 11, 2022
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.