Jogo ruim facilitou o trabalho do árbitro em Limeira

Jogo ruim facilitou o trabalho do árbitro em Limeira

fevereiro 27, 2022 0 Notícias, Osservatorio Arbitrale, Paulista 2022

JOGO:      INTER DE LIMEIRA X PALMEIRAS                     

DATA:  27/02/2022

ARBITRO ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­: Vinicius Furlan

ARB.ASSIST.1: Neusa Ines Back

ARB. ASSIST.2: Luiz Alberto Andrini Nogueira

ARB. VAR: Daiane Muniz dos Santos

Vamos iniciar de maneira diferente a análise do jogo, que foi tão fraco que mal dá para fazer uma análise da atuação do árbitro. Não houve maiores lances polêmicos e o árbitro trabalhou sem maiores dificuldades, visto a bola estar mais viajando pelo alto que rolando no chão Não houve necessidade de um acompanhamento ou posicionamento mais elaborado.

Existem, nas regras do futebol, dez situações para tiro livre direto; porém, não existe faltinhas ou faltonas. A regra manda que qualquer uma das dez situações seja marcada.

Com o incentivo da mídia esportiva “especializada”, atualmente em nome de deixar o jogo fluir, inúmeras faltas, de um modo geral, que deveriam ser punidas, não estão sendo marcadas. Contra a Inter de Limeira não foi diferente: faltas para ambos os lados deixaram de ser assinaladas.

O juiz errou duas vezes, acompanhando a informação da bandeira 1, em faltas cometidas pelo Palmeiras, uma inclusive que poderia resultar de uma situação de gol a favor e outra, no final do jogo, que era uma situação clara de gol contra o Palmeiras. Ambas as faltas não existiram.

O time da Inter cometeu 22 faltas e o Palmeiras, 9. Mesmo com este numero de faltas, foram apresentados somente dois cartões para o time da casa e um para a comissão técnica do Palmeiras. Notamos uma série de faltas cometidas contra Patrick de Paula, no que se chama “rodizio de faltas” – para não sobrecarregar um jogador somente e passou desapercebido pela equipe de arbitragem.

Curiosamente, mesmo com o jogo se desenvolvendo em grande parte com bolas altas e longas, não foi assinalado nenhum impedimento em todo seu transcorrer. Houve dois equívocos cometidos pela bandeira 1, nas faltas inexistentes; o bandeira 2 foi muito bem, deixando o jogo correr como em um aparecimento livre de Rafael Navarro.

Não houve situação de atuação do VAR no jogo. Quando da reclamação da equipe mandante de um toque de mão na área do Palmeiras, o árbitro não solicitou a intervenção, visto estar muito próximo e visto claramente que a bola bateu no ombro.

O árbitro Vinicius Furlan foi escalado em 12 oportunidades no Campeonato Paulista, sendo 9 na serie A1, duas vezes como arbitro central e 7 como VAR, e 3 vezes na serie A2, como arbitro central.

317980cookie-checkJogo ruim facilitou o trabalho do árbitro em Limeira

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.