Abel reconhece que faltou mais ‘coragem’ para evitar a pressão do adversário

Créditos: Cesar Greco

Abel reconhece que faltou mais ‘coragem’ para evitar a pressão do adversário

março 11, 2022 0 Notícias, Paulista 2022

Abel esperava mais do seu ataque, mas gostou da defesa (FOTO: CESAR GRECO/PALMEIRAS)

Fazia tempo que esperávamos uma admissão de que, mesmo com a vitória no sufoco, algo não saiu bem. Abel Ferreira, em entrevista após a importante vitória contra o são Paulo por 1 a 0, no Morumbi, reconheceu que o time poderia ter feito mais e não sofrer tanto com a pressão pelo empate.

Uma tentativa de explicação para a perda de intensidade no segundo tempo foi a “especificidade do jogo”, ou seja, um clássico com muita rivalidade.

“Este tipo de dérbi é um jogo muito emocional. O lado mental é muito forte e muitas vezes é mais fácil defender do que atacar”, disse o treinador palmeirense. “Já estávamos em cima do resultado, faltou um pouco mais de coragem, mas defendemos bem. O adversário teve uma bola na trave e as únicas formas que criou de perigo foi por lançamentos, mas sempre estávamos muito bem posicionados, assim como fez o São Paulo contra o Corinthians, que fechou muito bem os caminhos para o seu gol.”

Ele evitou comentar sobre eventuais soluções para evitar ter de jogar por uma bola apenas contra adversários mais fortes. No entanto, preferiu valorizar o bom jogo defensivo e o esquema tático que funcionou mais uma vez.

“Eu gostei do nosso jogo defensivo, como nos fechamos, mas quando tínhamos a bola, para atacar nosso adversário, faltou passar a bola e dar linha de passe. Não nos movimentamos. O São Paulo nos pressionou por estar atrás do placar e tínhamos que passar e dar movimentação”, afirmou Ferreira.

319240cookie-checkAbel reconhece que faltou mais ‘coragem’ para evitar a pressão do adversário

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.