Depois da ressaca, a preparação para nova decolagem

Créditos: Cesar Greco

Depois da ressaca, a preparação para nova decolagem

abril 19, 2022 3 Brasileirão 2022, Notícias

Muita conversa para reverter a desvantagem inicial no Campeonato Brasileiro (FOTO: CESAR GRECO/PALMEIRAS)

Na ressaca do desempenho surpreendente do começo de temporada, um relaxamento preocupante, mas até mesmo compreensível. Hora ideal para os garotos aparecerem e tomarem conta?

O calendário insano e sem refresco do futebol brasileiro – piorado por ser ano de Copa do Mundo e de resquícios da pandemia de covid-19 – colheu o Palmeiras em um momento complicado: o começo de uma longa competição em que os concorrentes não costumam ser “generosos”.

Sem tempo para respirar e para fazer uma pré-temporada decente, por mais que duas taças tenham sido incluídas no salão de troféus, é natural que o rendimento caia e a motivação esmoreça em algum momento. Não há trabalho mental que consiga manter a rotação do motor no máximo.

Pena que o futebol não admita esse tipo de esmorecimento. A Libertadores fraca dá algum respiro, mas os 8 a 1 contra o amador Independiente Petrolero já é passado. Atlético-MG, Flamengo e Corinthians já estão no topo e o Palmeiras terá dificuldade para sair logo do fundo da tabela. E não é que Abel Ferreira começa a ser questionado – de novo?

Parte da imprensa quer estabelecer que a partida contra adiantada contra o Flamengo – a terceira do campeonato !!!!! – será um definidor de tabela e da temporada do Palmeiras. Ou seja, um resultado ruim poderá indicar um “adeus precoce” na luta pelo título e uma incômoda presença longa na parte de baixo da tabela…

Tolices à parte, a ressaca do diferente e bom começo de temporada terá consequências inevitáveis na temporada. De candidato ao título, o Palmeiras vai correr por fora à espera de uma arrancada sensacional, o que tira, de certa forma, os holofotes do time.

A Libertadores continua como grande objetivo, e a primeira fase vai servir de pré-temporada de luxo para entrar forte na segunda fase, que pode reservar um Corinthians, um Boca Juniors ou chato Bragantino.

Claro que é inadmissível abandonar o Brasileiro, mas uma dose de realismo precisa ser aplicada para entender a encruzilhada que o time verde se meteu. Como injetar motivação e maior comprometimento depois de Avel Ferreira terá de enfrentar e habilidades a mais a demonstrar.

Desempenho até o momento foi decepcionante no equilibrado Campeonato Brasileiro (FOTO: CESAR GRECO/PALMEIRAS)

O jogo de quarta-feira (20), contra o Flamengo, será o de número 150 do Palmeiras no Maracanã, estádio onde, entre outras façanhas, o Palmeiras conquistou um título nacional (Taça Brasil de 1967), um continental (Libertadores de 2020) e um intercontinental (Mundial de 1951).

Além disso, o Verdão pode chegar ao 200º gol contra o Flamengo em toda a história – o retrospecto entre as equipes aponta 122 jogos, 47 vitórias alviverdes, 33 empates, 42 vitórias rubro-negras, 199 gols marcados pelos paulistas e 180 gols marcados pelos cariocas.

327630cookie-checkDepois da ressaca, a preparação para nova decolagem

3 comentários em “Depois da ressaca, a preparação para nova decolagem

  • Bianco
    abril 19, 2022
    Responder
  • Gustavo Aroni
    abril 19, 2022
    Responder
  • lito
    abril 19, 2022
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.